Image not available
Image not available
Quinta, 05 Dezembro 2019 15:12

Petroleiros participam de protesto em defesa das estatais e ocupam Assembleia de SC

Em 4 de dezembro, petroleiros participaram de assembleia unificada em defesa dos servidores público municipais, estaduais e federais e da ocupação da Assembleia Legislativa de Santa Catarina

Uma luta que cresce cada vez no Brasil: os atos em defesa das estatais. Esses protestos ganham protagonismo em contraponto aos avanços da agenda entreguista do Governo Federal. E na última quarta-feira (04), uma assembleia unificada na Praça Tancredo Neves, em frente à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em Florianópolis, reuniu trabalhadores de diversas categorias, além de sindicatos e centrais sindicais.

 

Após falas e debates, os manifestantes ocuparam o parlamento catarinense em protesto a proposta do executivo de reforma da previdência nos moldes do Governo Federal e em solidariedade aos servidores paranaenses; que foram vítimas do autoritarismo do estado; durante votação da reforma da previdência, em Curitiba (03).  

 

Para o petroleiro Jeancarlo de Souza Penha, que falou em defesa das estatais e da Petrobrás: “é importante nossa participação no ato e na ocupação da Alesc em solidariedade aos servidores públicos do Paraná”. Ele acrescentou que é preciso defender as estatais, responsáveis por subsidiar a economia brasileira durante as crises econômicas.

O trabalhador explicou ainda que o desemprego irá aumentar no estado. “A indústria será impactada, pois muitas fábricas são parceiras da Petrobrás. Desde uma empresa de parafuso, em Joinville, até os estaleiros, em Itajaí”, completou Jeancarlo.

 

O Governo Federal já colocou 17 estatais à venda e os impactos negativos da saída da Petrobrás em Santa Catarina representam uma perda de aproximadamente 10 bilhões de reais no PIB do estado.

O protesto em Florianópolis reuniu, além dos petroleiros, servidores públicos municipais, estaduais e federais, sindicatos e centrais (CUT, CTB , CSP Conlutas e Intersindical). Na oportunidade, foi aprovada participação na “Jornada Nacional de Lutas em Defesa do Emprego, da Soberania, da Democracia, das Estatais e Pela Valorização do Serviço e dos Servidores Públicos”.

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro