Sexta, 31 Julho 2020 02:42

Benção dos alimentos por Dom Peruzzo marca o início da segunda União Solidária


Arroz, feijão, batata, mandioca, laranja, banana, legumes, verduras, frutas. O colorido da diversidade da produção camponesa estará nas sacolas que serão entregues às famílias que mais precisam (*Foto: Wellington Lenon)

 

Os caminhões com os alimentos estão chegando em Curitiba e um mutirão de preparação das cestas começa às 14h, no bairro Xaxim. Depois, às 16h30, Dom José Antônio Peruzzo, Arcebispo Metropolitano de Curitiba, fará a benção dos diversos alimentos vindos de várias cidades do Paraná, além dos demais itens essenciais para as famílias, como o gás de cozinha e os mil pães caseiros produzidos pelas mulheres do acampamento Maila Sabrina, de Ortigueira.

 

O MST e os petroleiros estão juntos nessa campanha de doação de alimentos produzidos em assentamentos e acampamentos e o gás de cozinha fruto da força de trabalho dos operários da Petrobrás na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), Usina do Xisto (SIX) e Transpetro.

 

Nessa segunda União Solidária são seis municípios, centenas de famílias da reforma agrária e da agricultura familiar que entregam toneladas de alimentos para famílias da periferia de Curitiba e Araucária.  

 

*Os responsáveis por essa diversidade de alimentos*:

 

.: Assentamento Contestado e agricultores sócios da cooperativa Terra Livre, criada pelo assentamento, e famílias sócias do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) da Lapa;

.: Assentamentos São Joaquim, Rio da Areia e Carvorite, de Teixeira Soares;

.: Assentamento Dom José Gomes e Avencal, de Fernandes Pinheiro;

.: Assentamento Mário Lago, de Irati;

.: Acampamento Maila Sabrina, do município de Ortigueira;

.: Produtores da agricultura familiar da Colônia Marcelino, de São José dos Pinhais.

 

 

Por Comunicação MST e Sindipetro PR e SC. 

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro