Quarta, 28 Abril 2021 21:59

Petroleiros apontam os riscos da parada de manutenção da Repar para a Comissão da Covid-19 da Câmara de Araucária

Encontro deixa vereadores em alerta; vistoria parlamentar nas instalações da refinaria foi realizada hoje

 

 

O Sindipetro PR e SC participou na terça-feira (27) de um encontro com a Comissão Especial da Covid da Câmara Municipal de Araucária (PR). Os dirigentes sindicais Luciano Zanetti e Luiz Antônio Kurpiel apresentaram aos vereadores Professor Valter, Rosane Ferreira e aos assessores do vereador Ricardo Teixeira os riscos sanitários que o município corre com a realização parada de manutenção da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) neste momento crônico da pandemia do coronavírus.

 

A reunião foi marcada após denúncias apresentadas em Sessão Ordinária na Câmera do município, no dia 20 de abril. Essa foi mais uma oportunidade de o Sindicato apresentar com detalhes a pesquisa do Instituto de Pesquisa da Amazônia (INPA), que projeta a morte de 100 pessoas por Covid-19 até o junho, caso o procedimento industrial não seja adiado.

 

Os dirigentes também explicaram que tecnicamente não há a necessidade de fazer a parada de manutenção nesse momento e informaram que infelizmente outras paradas do sistema Petrobras resultaram em várias mortes.

 

Para Zanetti, é importante seguir com todos os esforços para o adiamento do procedimento industrial. “Enquanto não houver 70% da população vacinada, somente o adiamento da parada técnica de manutenção será capaz de salvar vidas”, conclui.

 

Na tarde de desta quarta-feira (28) a Comissão realizou uma vistoria na Repar para pedir medidas de controle da Covid e questionar, através da solicitação de uma justificativa técnica, por que a empresa ainda não adiou o procedimento industrial.

 

Por Juce Lopes, estagiária sob supervisão de Davi Macedo (MTb 5462)

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro