Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Terça, 13 Julho 2021 01:20

8º Congresso: Trabalhadores aprovam resoluções e elegem os delegados para a IX PLENAFUP

Após uma profunda análise de conjuntura e muito debate, os petroleiros e petroquímicos do PR e SC encerram o 8° Congresso Regional Unificado com propostas para a atuação sindical no próximo período.

 

Realizado integralmente de forma virtual, o 8º Congresso Regional Unificado dos Petroleiros e Petroquímicos do Paraná e Santa Catarina, refletiu coletivamente sobre a atuação sindical e as estratégias para barrar as privatizações e o desmonte do país.

Com o tema “Energia para construir o Brasil que queremos” o Congresso teve início na quarta-feira (07/07), com uma live de abertura que reuniu diversas lideranças dos movimentos sociais, além de parlamentares.

Em seguida, foi realizado uma mesa de debate sobre a comunicação. A atividade apontou para a importância da militância digital, além do enfrentamento ideológico com a extrema direita aliado ao combate das Fakes News. Na conversa, foi ressaltada a necessidade de utilizar a inteligência artificial para otimizar o uso das redes e alcançar o maior número de pessoas.

Na quinta-feira (08) os participantes tiveram duas mesas de debate. A primeira tinha como tema o “Trabalho e sindicalismo – Pejotização e uberização, trabalho remoto”; e a outra a “Terceirização”. Nas duas, a categoria reforçou a necessidade de lutar contra a retirada de direitos trabalhistas e a importância da consciência de classe.

Na sexta-feira (09/07) os trabalhadores foram divididos em 5 grupos para debaterem o modelo energético; as mudanças no mundo do trabalho; o modelo negocial; a saúde, meio ambiente e segurança do trabalho; e a AMS. Cada um dos grupos discutiu e aprovou proposições para serem defendidas ou realizadas pelos sindicatos, além de encaminhadas para a IX Plenária da Federação Única dos Petroleiros.

Após os grupos de trabalho, os participantes foram direcionados para a plenária final. Lá, eles apreciaram as resoluções elaboradas nos grupos, elegeram os delegados para a IX Plenária Nacional da FUP e aprovaram as moções escritas pelos trabalhadores. As moções são sobre a excessiva carga de trabalho das mulheres durante a pandemia; a cobrança de pesquisas para a vacinação de crianças (menores de 12 anos) contra a Covid-19, além de ampla vacinação em gestantes, puérperas, lactantes e os grupos afetados pelas novas variantes; moção em defesa dos povos indígenas, que estão sendo atacados pela PL 490 (projeto para alterar a demarcação das terras indígenas); moção do Sindiquímica-PR em agradecimento a categoria petroleira, aos sindicatos e a FUP pelo apoio prestado no ano passado contra a hibernação da Fafen-PR, além da ajuda da FUP para a manutenção do Sindiquímica-PR; repúdio a diretoria da Ansa e da Petrobrás pela forma como está conduzindo o acordo firmado no TST, que diz respeito a Petros, Plano de Saúde e outros direitos conquistados; e a moção de repúdio a criação da APS em detrimento a AMS.

Ao final da atividade, o presidente do Sindipetro PR e SC, Alexandro Guilherme Jorge e o presidente do Sindiquímica PR, Santiago da Silva Santos, agradeceram a participação de todos e a disposição para as lutas mesmo diante das atuais dificuldades. “Em alguns momentos a gente falou de vacina, dos camaradas que perdemos nesse processo, muita gente perdeu familiares e amigos. Então, são tempos difíceis com o Bolsonaro na presidência. É um sucesso a gente fazer um evento assim e as pessoas se colocarem pra estar aqui, por quatro dias, contando com a live de pré-abertura da semana passada. As proposições, moções e as discussões que tivemos aqui, mostram que vale a pena a gente seguir organizado, construindo. Tenho certeza que seremos muito bem representados pela delegação do Paraná e Santa Catarina no Plenafup e certamente vamos ajudar o coletivo nacional a construir caminhos e pensar o futuro da nossa categoria”, disse Alexandro antes de declarar encerrado o 8º Congresso Regional Unificado dos Petroleiros e Petroquímicos do PR e SC.

 

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro