Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Quinta, 14 Abril 2022 21:17

9º Congresso: Trabalhadores aprovam resoluções e elegem delegações para a 10ª PLENAFUP

O Congresso Regional foi nomeado de Amadeu Fernandes Filho em homenagem ao ex-presidente do Sindipetro PR e SC que morreu em 23 de fevereiro deste ano.


O 9º Congresso Regional Unificado dos Petroleiros e Petroquímicos do Paraná e Santa Catarina debateu temas de interesses da categoria para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) e refletiu coletivamente sobre a atuação sindical para o próximo período.

 

Neste ano, o Congresso recebeu o nome do primeiro presidente do Sindipetro PR e SC do período pós-intervenção militar, Amadeu Fernandes Filho. Foi uma forma de homenagear o companheiro que faleceu em 23 de fevereiro, em decorrência da Covid-19. 

 

 

Com o tema “Basta de retrocesso: pela reconstrução do Brasil”, os delegados e delegadas aprovaram resoluções e moções que ressaltam a importância de manter e ampliar os direitos do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) da categoria, bem como de eleger um governo que interrompa as privatizações, retome os investimentos na Petrobrás, defenda a soberania nacional no setor de Petróleo e Gás e faça com que a estatal volte a ser uma empresa indutora do desenvolvimento do país.

 

Ao todo, três moções foram aprovadas. Duas são referentes ao apoio às eleições de Luiz Inácio Lula da Silva para presidente do Brasil e de Roberto Requião para governador do Paraná, em 2022. A terceira trata-se de um repúdio ao anúncio da rescisão de contrato entre a Petrobrás/Fafen-PR e a Central Nacional Unimed, o que irá trazer prejuízos para os aposentados que dedicaram muitos anos de suas vidas na fábrica, cujas atividades foram encerradas em 2020.

 

Para o diretor do Sinidiquímica-PR, Eder Umbelino da Silva, o momento é de unidade, solidariedade e luta. “Não lembro de ter amargado perdas de direitos ou tanta humilhação e truculência como tem acontecido nos últimos anos no Sistema Petrobrás. Foram mil demissões na Fafen-PR. E a mesma ameaça agora está sendo feita em cima dos trabalhadores das refinarias e terminais. Por isso, nosso 9° Congresso veio com força total, focando na eleição do presidente Lula, reestatização das empresas privatizadas e a unidade dos trabalhadores. Foram mais de cinquenta delegados e delegadas do Sindipetro PR e SC e do Sindiquimica-PR, unidos no objetivo de dar um basta no retrocesso e pela reconstrução do Brasil”, ressaltou.

 

Para as resoluções, os participantes se dividiram em cinco grupos e debateram propostas sobre a Petros e AMS; a reposição salarial, o PLR e o PPP; o teletrabalho e a fiscalização de contratos; as privatizações, relações sindicais e o setor privado; e a HETT, a tabela de turno, os efetivos e os bancos de horas. As propostas aprovadas seguirão para apreciação da X Plenafup, que ocorrerá nos dias 05 e 06 de maio.

 

O Sindipetro cumpriu a cota de gênero colocada no Regimento Interno do Congresso, que exige que as delegações inscritas para participar da X PLENAFUP devem ter, obrigatoriamente, o mínimo de 17% de mulheres. O Sindiquímica não conseguiu cumprir com a fração por conta dos ataques que a categoria sofreu e também pela ausência de mulheres na direção sindical.

 

Ao final do Congresso, o presidente do Sindipetro, Alexandro Guilherme Jorge, considerou os debates produtivos. “Nós vamos para a PLENAFUP defendendo o que foi construído nesse congresso regional, mas também na luta para que que essa categoria continue sendo tudo o que é. E só alcançamos esse patamar de organização por causa do acúmulo das lutas de várias gerações de petroleiros e petroleiras. Nós temos o compromisso de manter as conquistas do passado e continuar lutando por melhorias”, afirmou.

 

Delegação eleita para a 10° PLENAFUP do Sindipetro PR e SC

Titulares
Alexandro Guilherme Jorge
Roni Anderson Barbosa
Ana Rita Cardozo de Sá Ferreira
Cristiane Fogaça
João Felchak
Jordano Marcio Zanardi
Antonio Carlos da Silva
Fernandes da Cruz Silva

Suplentes
Luciano Zanetti
Luz Antonio Kurpiel
Anacélie de Assis Azevedo
Márcio Ricardo Vann
Jeancarlo de Souza Penha
Rafael Palenske Andrade
Maria de Lourdes Lozano Granero e Silva
Hélio Luiz Seidel
Delegado Nato: Mário Alberto Dal Zot

Observadores
Sandra Brea Schuambachi
Ronaldo da Silva Baltazar
Leones Rodrigues Betim


Delegação eleita para a 10° PLENAFUP do Sindiquímica-PR

Eder Umbelino da Silva
Ademir Jacinto da Silva
Rodrigo César Maia
Santiago da Silva Santos
Marcio Rogério Ferreira
Paulo Rodrigo Antunes da Silva

Observador
Otemio Garcia de Lima

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro