Sexta, 18 Novembro 2022 16:16

Sindipetro PR e SC apresenta reivindicações sobre condições dos trabalhadores da SIX à Petrobrás

Sindicato enviou ofício à gestão da estatal no qual cobra posições mais claras da empresa sobre datas, locais e condições das transferências de empregados da Usina do Xisto.

 

Davi Macedo - Sindipetro PR e SC

 

Diante da conclusão do desinvestimento que envolve a Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), de São Mateus do Sul-PR, o Sindipetro Paraná e Santa Catarina encaminhou ofício ao gerente setorial de negociação sindical da Petrobrás nesta sexta-feira (18) no qual requer esclarecimentos sobre o processo de transferência e reivindica demandas dos trabalhadores atingidos.   

 

O primeiro ponto diz respeito às datas das transferências. O Sindicato levantou que os petroleiros e petroleiras da SIX estão inseguros mediante a imprevisibilidade da data para a efetivação da mudança de unidade dentro do prazo de 15 meses até a total transferência das operações industriais ao grupo aquisitor. A reivindicação é de que a Petrobrás realize a comunicação prévia com no mínimo seis meses de antecedência da transferência do trabalhador e que coincida com os meses de julho e janeiro de cada ano.

 

A segunda cobrança é relativa ao local da transferência. O Sindicato e os trabalhadores entendem que a garantia de realocação na companhia é vaga e exigem que seja para a unidade de interesse do empregado. O pleito é de transição preferencial de todos na Repar, em Araucária-PR, ou para outra unidade do Sistema Petrobrás que não force a mudança de residência da família do trabalhador.

 

Por fim, o ofício do Sindipetro PR e SC destaca que não há transparência por parte da Petrobrás de que todos os direitos e garantias salariais dos trabalhadores serão preservados em caso de transferência. A reivindicação é por manutenção dos direitos, com igual remuneração, sobretudo dos adicionais de turno.

 

O Sindicato se colocou à disposição para iniciar imediatamente as negociações com a empresa sobre as demandas apresentadas, a fim de formalizar um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) em âmbito local para regrar as condições da transição decorrente da venda da SIX.

                                                                                                                                                                      

Para o presidente do Sindipetro PR e SC, Alexandro Guilherme Jorge, a disputa em torno da SIX não terminou. “O Sindicato luta em todas as esferas para reverter essa entrega absurda da Usina do Xisto ao grupo canadense Forbes & Manhattan, mas paralelamente segue atuando na defesa dos interesses dos trabalhadores”, afirmou.

 

 

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro

https://juniperpublishers.com/slot-gacor/ https://www.jamjoompharma.com/rtp-live/ https://hrhhotels.com/situs-slot-gacor/ https://www.lalawlibrary.org/rtp-live/ https://joyme.io/slotdemogacor https://members.lalawlibrary.org/slot-deposit-pulsa/ https://sac.philco.com.br/bocoran-admin-jarwo/ https://medicinafetalbarcelona.org/deposit-dana/ https://medicinafetalbarcelona.org/slot-gacor/ https://www.lalawlibrary.org/slot-gacor/ https://www.keltron.org/slot-gacor/ https://www.sidiap.org/toto-macau/ https://www.fspublishers.org/slot-gacor/