Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Mostrando itens por tag: tepar
Segunda, 15 Agosto 2016 14:36

Nº 1375

Quarta, 03 Agosto 2016 14:36

Nº 1374

Sexta, 08 Julho 2016 20:55

Nº 1373

Segunda, 04 Julho 2016 14:49

Nº 1372

Sexta, 24 Junho 2016 18:12

 

O Sindipetro Paraná e Santa Catarina vai realizar na próxima semana uma série de reuniões em todas as bases da Transpetro. O objetivo é discutir com os trabalhadores as ações a serem tomadas para lutar contra a privatização da Transpetro, assim como a campanha reivindicatória 2016 e os problemas específicos de cada unidade (transporte, efetivo, entre outros).

 

Na terça-feira (28) acontecem as reuniões no Terminal de Guaramirim, às 09h30, e no Terminal de São Francisco do Sul, às 12h30. Na quarta (29) é a vez dos encontros no Terminal de Itajaí, às 10h30, e no Terminal de Biguaçu, às 13h30.

 

A última série de reuniões acontece na sexta-feira (01), no Terminal de Paranaguá, às 13h00 com o pessoal do horário administrativo e às 15h50 e 16h00 com os trabalhadores do turno.

 

:: Serviço

Reuniões nas bases da Transpetro

 

Terça-feira (28/06)

09h30 - Terminal de Guaramirim

12h30 - Terminal de São Francisco do Sul

 

Quarta-feira (29/06)

10h30 - Terminal de Itajaí

13h30 - Terminal de Biguaçu

 

Sexta-feira (01/07)

13h00 – Terminal de Paranaguá (HA)

15h50 – Terminal de Paranaguá (turno)

16h00 – Terminal de Paranaguá (turno)  

Sexta, 10 Junho 2016 18:30

 

Temperaturas muito baixas e até negativas não esfriaram os ânimos dos petroleiros nesta sexta-feira (10), quando é realizada a Jornada Nacional de Mobilização, uma convocação das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, que congregam movimentos populares, sindicais e estudantis.

 

Realizada em várias cidades do país, a ação protestou contra o presidente interino Michel Temer e contra os retrocessos já sinalizados nesse período de menos de um mês, desde que assumiu a presidência após o afastamento ilegítimo da presidenta Dilma Rousseff. Reforma da previdência, retrocesso nos direitos dos trabalhadores, fim do fundo soberano e da lei da partilha no pré-sal, venda de ativos da Petrobrás, privatizações, desvinculação do orçamento da educação e saúde, suspensão de programas sociais como Minha Casa, Minha Vida, Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), Programa Universidade para Todos (PROUNI) e Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), criminalização e perseguição dos movimentos sociais, são algumas das medidas que foram tomadas ou apontadas por Temer. 

 

Em Araucária os termômetros registraram marcas negativas e mesmo assim os petroleiros da Repar e os petroquímicos da Fafen-PR cortaram a rendição dos turnos à zero hora. Ainda estava escuro quando os primeiros ônibus da troca de turno das 07h30 e do horário administrativo chegavam às unidades da Petrobrás, mas não era dia de trabalho e sim de protesto e mobilização. Militantes do MST espantaram o frio e chegaram à refinaria por volta das 04h00 para ajudar a categoria nos piquetes. Quando amanheceu, a vegetação totalmente coberta por uma fina camada de gelo do orvalho proporcionou uma bela paisagem para os lutadores.

 

A cena se repetiu na Usina do Xisto (SIX), em São Mateus do Sul, que também registrou temperaturas negativas e paralisação de 24 horas dos petroleiros. Em Paranaguá o frio foi um pouco menos rigoroso, mas a luta dos petroleiros do Terminal Aquaviário da Transpetro (Tepar) teve intensidade similar à da Repar e SIX, com corte de rendição de turnos e greve de 24 horas. Protestos nesta sexta-feira também foram registrados nos Terminais Transpetro de Guaramirim (Temirim) e Itajaí (Tejaí).

 

Outra ação de destaque neste dia de luta foi a ocupação do Edipar, na região Central de Curitiba. Petroleiros, petroquímicos e boa parte dos militantes do MST que ocupam a sede do INCRA saíram em marcha pelas ruas do centro da capital até o edifício sede da Petrobrás no Paraná.

 

Bancários e vigilantes de Curitiba também fizeram ações nesta Jornada Nacional de Lutas. 23 agências bancárias de todos os bancos e três Centros Administrativos – Banco do Brasil da Praça Tiradentes, Caixa Econômica Federal da Praça Carlos Gomes e HSBC Palácio Avenida – ficaram fechados até as 11h00 desta sexta-feira, na região central da capital paranaense.

 

Um grande protesto na Praça Santos Andrade, durante toda a tarde, encerra o primeiro dia unificado e nacional de luta contra o governo ilegítimo de Michel Temer no Paraná.

 

 Clique aqui para ver imagens das manifestações.

Segunda, 23 Maio 2016 15:26

Nº 1371

Terça, 10 Maio 2016 13:51

Nº 1370

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro