Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Mostrando itens por tag: transpetro
Segunda, 17 Fevereiro 2014 19:00

1321

Quinta, 26 Dezembro 2013 19:21

A Transpetro substituiu a tradicional brincadeira de amigo secreto pelo cinismo do amigo da onça: demitiu dez trabalhadores nas vésperas do Natal no Terminal de Paranaguá - TEPAR e tornou ainda mais precárias as condições de trabalho dos que ficaram, reduzindo as folgas no turno ininterrupto de revezamento dos vagoneiros.

Já era de conhecimento de todos que, com a partida da unidade de produção de coque na REPAR e a consequente diminuição da movimentação de escuros para o TEPAR, haveria impactos no terminal, porém, a Transpetro sorrateira aproveitou a “oportunidade” para rebaixar direitos, pois, além de reduzir de 5 para 3 trabalhadores por grupo, também reduziu de 5 para 4 grupos, pior, impôs uma jornada diária de 12 horas, ou seja, uma relação de 12 h de trabalho por 36 h de “folga”. 

Essa escala é muito nociva à saúde do trabalhador, pois gera estafa e dificuldade de recuperação do próprio organismo, que fica privado do sono e em estado de tensão devido a muitas horas de trabalho contínuo. Uma condição desumana para um trabalho que, além de tudo, exige grande esforço físico.

A sobrecarga de jornada aos trabalhadores é a expressão de um modelo perverso e incompetente de gestão, que joga todo o peso da “lucratividade” do negócio nos ombros dos trabalhadores, sem preocupação alguma com a saúde ou segurança das pessoas e meio ambiente.

A Direção da Transpetro quer atingir as suas metas de produtividade às custas da saúde dos trabalhadores, colocando em risco as comunidades vizinhas e o meio ambiente, por estar comprovado que a redução de efetivo e a precarização das condições de trabalho elevam em muito o potencial de acidentes, cite-se, como exemplo recente, o incêndio na Refinaria Presidente Getúlio Vargas – REPAR.

Sem tréguas na luta por preservação de direitos na Transpetro

Em novembro de 2012 os petroleiros do TEPAR foram solidários à luta dos vagoneiros em defesa da 5ª turma, e, juntos, venceram e preservaram esta conquista histórica em defesa da saúde. Portanto, até o Natal, estes trabalhadores seguiam a mesma tabela de turno que os empregados próprios da Transpetro.

Vamos nos mobilizar para reverter esta política sanguessuga,

lutar por mais Saúde e Segurança aos trabalhadores!

Sexta, 22 Novembro 2013 19:11

Foram tantas promessas de solução para os problemas da Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS) em Santa Catarina que a categoria não acredita mais em propostas, quer ver resultados práticos. Assim pode-se resumir o movimento dos petroleiros da Transpetro.

No início da manhã desta sexta-feira, 22 de novembro, o Sindipetro Paraná e Santa Catarina realizou assembleias em Itajaí, Guaramirim e Biguaçu para avaliar as palestras que a empresa fez para explicar o plano de reestruturação da AMS e decidir os rumos do movimento.

Durante as assembleias, os dirigentes do Sindicato foram chamados para uma nova reunião de negociação com a empresa, tendo em vista que o caminho apontado era de deflagração de greve por tempo indeterminado.

Enquanto os sindicalistas negociavam com o RH da AMS e a Transpetro, os petroleiros dos terminais Teguaçu, Temirim e Tejaí cruzaram os braços. A empresa apresentou uma proposta para suprir as carências da AMS na região até que o plano de reestruturação do atendimento à saúde traga resultados.

Os trabalhadores do Teguaçu, Tejaí e Temirim não ficaram convencidos sobre as propostas da empresa, mas aprovaram a suspensão da greve e o retorno ao trabalho na segunda-feira como forma de dar um voto de confiança à empresa.

A assembleia no Terminal de São Francisco, que aconteceria às 12h30, foi adiada em função da mesa de negociação com a empresa. A palestra de apresentação do plano de reestruturação da AMS nessa unidade aconteceu somente na parte da tarde de hoje (22). Dessa forma, a assembleia no Tefran para avaliação do plano acontecerá na próxima terça-feira (26), às 12h30.

ATA DE REUNIÃO TRANSPETRO X SINDIPETRO PR/SC

DATA: 22/11/2013

Local: Terminal Terrestre de Guaramirim

1. Qualquer procedimento eletivo, que não tenha credenciados na região de saúde do beneficiário, será gerenciado a partir do contato do beneficiário com o Posto Avançado da sua localidade.

a. Ao ser acionada via Posto Avançado, a Companhia providenciará atendimento na região de saúde.

b. Nos casos em que não houver disponibilidade de assistência, a Companhia providenciará atendimento em outra localidade, providenciando transporte e hospedagem ou arcando com as despesas de transporte e hospedagem do beneficiário e acompanhante, quando necessário.

c. Prazo para solução: até 15 dias.

d. As urgências ou emergências, para efeitos de reembolso, serão tratadas como Grande Risco e deverão ser encaminhadas para processamento com:

i. Declaração do Médico assistente de que se trata de atendimento de urgência ou emergência.

ii. Nota Fiscal acompanhada de extrato detalhado da conta hospitalar daquele atendimento.

iii. A Companhia compromete-se a revisar e readequar a tabela de reembolso da região, em itens relacionados a atendimentos de urgência ou emergência.

iv. Prazo para reembolso: conforme ACT vigente.

2. A Companhia fará verificações mensais na listagem de credenciados na região, para efeitos de atualização. O RH TRANSPETRO divulgará mensalmente a listagem de credenciados da região.

3. A Companhia se compromete a intensificar treinamentos periódicos com os funcionários do Posto Avançado e Call Center, para o atendimento dos beneficiários.

a. Prazo: 15 dias

Adriano Bidá – RH AMS – Gerente Setorial Corporativo de Rede Credenciada

Luis Carlos Mairins da Fonseca – TRANSPETRO – Assessor da Presidência

Silvaney Bernardi – SINDIPETRO PR/SC - Presidência

Claudiney Batista – SINDIPETRO PR/SC – Diretor de Saúde

George Medeiros Araujo Junior – Técnico de Faixa de Dutos

Adriano Flores – SINDIPETRO PR/SC – Diretor Regional SC

Quinta, 21 Novembro 2013 18:52

O Sindipetro Paraná e Santa Catarina vai promover seis sessões de assembleia nesta sexta-feira, dia 22 de novembro, em todas as unidades da Transpetro de Santa Catarina para debater e deliberar sobre os rumos do movimento para o atendimento da pauta de reivindicações sobre melhorias na Assistência Médica Suplementar (AMS).

As assembleias acontecem após os petroleiros da Transpetro terem participado de palestras promovidas para a empresa para elucidar a proposta de melhorias na AMS apresentada na semana passada.

Confira no quadro abaixo os horários:

BASE

LOCAL

DATA

HORÁRIO

Guaramirim/SC

Em frente ao TEMIRIM

22/11/2013

07h00

São Francisco do Sul/SC

Em frente do TEFRAN

22/11/2013

12h30

Em frente ao TEFRAN/Grupo de Turno

22/11/2013

15h00

Itajaí/SC

Em frente à UO-SUL

22/11/2013

12h30

Em frente ao TEJAÍ

22/11/2013

07h00

Biguaçu/SC

Em frente ao Restaurante Meurer

Estrada Geral Santa Cruz, s/nº, Biguaçu-SC.

22/11/2013

07h00

  O Edital de Convocação no ícone abaixo.

 

Sexta, 15 Novembro 2013 00:29

1317

Quarta, 13 Novembro 2013 13:30

Especial Mulheres Petroleiras

Terça, 12 Novembro 2013 18:59

Nas assembleias de segunda-feira (11), os trabalhadores da Transpetro apresentaram uma condicionante para que o plano de ação para a melhoria da Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS), proposto pela empresa na última sexta-feira (08), fosse aprovado e, assim, a greve fosse suspensa. Reivindicaram o ressarcimento de 100% das despesas médicas eletivas e emergenciais enquanto não surtirem os efeitos do plano.

A empresa foi comunicada da decisão e ficou de se posicionar até o final do dia. Dessa forma, as assembleias de ontem foram reconvocadas para hoje (12). A resposta à condicionante não atendeu as expectativas (confira ao final da matéria) e gerou muitas dúvidas em relação à aplicação prática dos reembolsos. Porém, a Transpetro, o RH Corporativo e o Compartilhado/AMS se propuseram a realizar reuniões com os empregados, até a quinta-feira (21), para que os gestores responsáveis pela AMS prestem esclarecimentos e apresentem dados mais consistentes sobre o plano de ação.

Nas assembleias desta terça-feira, os petroleiros da Transpetro aceitaram ouvir o que a empresa tem a dizer em relação às propostas de melhorias na AMS, mas aprovaram indicativo de greve para 22 de novembro, com novas assembleias para avaliação no início desse dia.

A crise que a AMS da Transpetro atravessa nos estados do Paraná e Santa Catarina é fruto de problemas de gestão. Pouquíssimos hospitais, clínicas e profissionais credenciados, atendimentos de péssima qualidade e problemas no reembolso são as principais queixas dos petroleiros.

O histórico das soluções apresentadas pela empresa para a AMS é de ações meramente paliativas, o que criou um clima de insegurança e desconfiança na categoria a respeito de qualquer promessa em relação a melhorias no atendimento à saúde.

Resposta da empresa à condicionante:

Orientação para Atendimento AMS

O  Compartilhado  Regional  São Paulo-Sul,  através da gerência de   Serviços   de  Assistência Multidisciplinar    de    Saúde (RSPS/SAMS),  em conjunto com o RH/AMS,   está   atuando   para ampliação  da  rede credenciada na região de Joinville/SC.
Encaminhamos abaixo, orientações   que   devem   ser pelos  beneficiários até  a conclusão do trabalho em andamento.


:: Atendimentos de Urgência e Emergência

Os beneficiários devem procurar um hospital credenciado, conforme relação anexa, que também está disponível no Busca AMS.

:: Atendimentos Eletivos
Os beneficiários devem procurar recurso (clínicas e profissionais) credenciado, conforme relação disponível no Busca AMS.

Caso o beneficiário não encontre credenciado disponível, favor dirigir-se ao Posto Avançado mais próximo para que a AMS possa analisar uma alternativa para o atendimento solicitado.   

:: Observações

1)   Todos   os  atendimentos devem  respeitar as regras de cobertura  estabelecidas pela AMS. 

2)  A  Livre  Escolha é outra opção de atendimento disponível aos beneficiários, estabelecida em Acordo Coletivo de Trabalho, que efetua reembolso das despesas realizadas, baseado em  referenciais estabelecidos pela AMS, mantendo os critérios de co-participação dos beneficiários.

*Confira nos anexos abaixo a lista da rede credenciada em SC.

Plano de ação apresentado pela Transpetro em 08 de novembro de 2013 em resposta à pauta de reivindicações por melhoras na A.M.S.

1 – Estruturar a gestão local na região norte de Santa Catarina, instalando um posto avançado da AMS na cidade de Joinville;

A TRANSPETRO se compromete a implantar Posto Avançado da A.M.S. em Joinville.

Prazo: 60 dias

Responsável: Luis Carlos Mairins da Fonseca

2 – Cadastramento de novos hospitais, clínicas e especialistas nas regiões de Joinville, Itajaí, Florianópolis

O trabalho já foi iniciado pela região de Joinville e agora entra na fase de visitas técnicas a serem realizadas pela enfermeira Lilian Dóris.

Prazo: avaliação dos resultados em 30 dias.

Responsável: Sueli Costa – Compartilhado/RSPS/AMS/RCR

3 – Estender a rede de atendimento aos municípios de Tijucas, Imbituva e outros municípios.

O Compartilhado/RSPS/RCR estenderá o credenciamento de hospitais e clínicas conforme demandas recebidas dos empregados.

Prazo: em andamento – avaliação dos resultados em 30 dias.

Responsável: Sueli Costa – Compartilhado/RSPS/AMS/RCR

4 – Incluir os trabalhadores da TBG e da BR Distribuidora na AMS, ampliando a clientela e, assim, o interesse no credenciamento de profissionais e serviços na região.

A Companhia continuará envidando esforços para garantir a integração da TBG à A.M.S., ampliando a clientela e, assim, o interesse de profissionais e serviços na região

Prazo: em andamento – avaliação dos resultados em 30 dias.

Responsável: Adriano Bida – RH Corporativo


5 – Respeito ao prazo máximo de 15 dias para reembolso das despesas médicas na livre escolha, conforme estabelecido na 55ª cláusula do Acordo Coletivo de Trabalho 2013/2015.

A Companhia se compromete a apresentar uma solução definitiva para a demanda.

Prazo: 30 dias

Responsáveis: Adriano Bida/Petrobrás e Luis Carlos Mairins da Fonseca/Transpetro

6 – Maior empenho e urgência no credenciamento de anestesistas.

O Compartilhado retomou as negociações com as cooperativas de anestesistas. Na conjuntura atual, os postos de atendimento orientarão os beneficiários quanto aos canais adequados para informações dos valores a serem reembolsados.

Prazo: em andamento.

Responsável: Sueli Costa.

Em 30 dias será realizada uma reunião para a avaliação do andamento das ações acordadas.

Segunda, 11 Novembro 2013 18:54

Em reunião realizada na última sexta-feira (08), no Terminal de Guaramirim, a Transpetro, o Compartilhado/AMS e o RH Corporativo apresentaram aos representantes do Sindipetro Paraná e Santa Catarina um plano de ação para melhorar a Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS).

O plano de ação foi aprovado nas primeiras assembleias marcadas para esta segunda-feira (11), em Guaramirim e São Francisco do Sul, mas sob a condicionante de que a empresa faça o ressarcimento de 100% das despesas médicas eletivas e emergenciais enquanto não surtirem os efeitos do plano de ação.

O Sindicato comunicou a empresa sobre a decisão dos trabalhadores e ela se comprometeu a apresentar ainda hoje (11) uma proposta complementar em relação aos reembolsos. Diante disso, o Sindipetro Paraná e Santa Catarina reconvoca para terça-feira (12) as assembleias que aconteceram nesta segunda, no Temirim e Tefran, a fim de que os petroleiros destas unidades possam avaliar essa proposta adicional. Nas demais unidades da Transpetro as assembleias estão mantidas, conforme o quadro abaixo. Confira, ao final da matéria a íntegra do plano de ação de melhorias na AMS.

Assembleias:

BASE

LOCAL

DATA

HORÁRIO

Guaramirim/SC

Em frente ao TEMIRIM

12/11/2013

09h30

São Francisco do Sul/SC

Em frente do TEFRAN

12/11/2013

12h00

Em frente ao TEFRAN/Grupo de Turno

12/11/2013

15h00

Paranaguá/PR

Em frente do TEPAR

12/11/2013

07h00

Itajaí/SC

Em frente à UO-SUL

12/11/2013

09h30

Em frente ao TEJAÍ

12/11/2013

12h30

Biguaçu/SC

Em frente ao Restaurante Meurer

Estrada Geral Santa Cruz, s/nº, Biguaçu-SC.

12/11/2013

14h30

 

Plano de ação apresentado pela Transpetro em 08 de novembro de 2013 em resposta à pauta de reivindicações por melhoras na A.M.S.

1 – Estruturar a gestão local na região norte de Santa Catarina, instalando um posto avançado da AMS na cidade de Joinville;

A TRANSPETRO se compromete a implantar Posto Avançado da A.M.S. em Joinville.

Prazo: 60 dias

Responsável: Luis Carlos Mairins da Fonseca

2 – Cadastramento de novos hospitais, clínicas e especialistas nas regiões de Joinville, Itajaí, Florianópolis

O trabalho já foi iniciado pela região de Joinville e agora entra na fase de visitas técnicas a serem realizadas pela enfermeira Lilian Dóris.

Prazo: avaliação dos resultados em 30 dias.

Responsável: Sueli Costa – Compartilhado/RSPS/AMS/RCR

3 – Estender a rede de atendimento aos municípios de Tijucas, Imbituva e outros municípios.

O Compartilhado/RSPS/RCR estenderá o credenciamento de hospitais e clínicas conforme demandas recebidas dos empregados.

Prazo: em andamento – avaliação dos resultados em 30 dias.

Responsável: Sueli Costa – Compartilhado/RSPS/AMS/RCR

4 – Incluir os trabalhadores da TBG e da BR Distribuidora na AMS, ampliando a clientela e, assim, o interesse no credenciamento de profissionais e serviços na região.

A Companhia continuará envidando esforços para garantir a integração da TBG à A.M.S., ampliando a clientela e, assim, o interesse de profissionais e serviços na região

Prazo: em andamento – avaliação dos resultados em 30 dias.

Responsável: Adriano Bida – RH Corporativo


5 – Respeito ao prazo máximo de 15 dias para reembolso das despesas médicas na livre escolha, conforme estabelecido na 55ª cláusula do Acordo Coletivo de Trabalho 2013/2015.

A Companhia se compromete a apresentar uma solução definitiva para a demanda.

Prazo: 30 dias

Responsáveis: Adriano Bida/Petrobrás e Luis Carlos Mairins da Fonseca/Transpetro

6 – Maior empenho e urgência no credenciamento de anestesistas.

O Compartilhado retomou as negociações com as cooperativas de anestesistas. Na conjuntura atual, os postos de atendimento orientarão os beneficiários quanto aos canais adequados para informações dos valores a serem reembolsados.

Prazo: em andamento.

Responsável: Sueli Costa.

Em 30 dias será realizada uma reunião para a avaliação do andamento das ações acordadas.

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro