CIPA atuante e representativa

O aprimoramento das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPAs) para garantir de fato a saúde e segurança dos trabalhadores é um dos principais pontos da proposta da FUP para as melhorias urgentes e necessárias na política de Segurança, Meio Ambiente e Saúde (SMS) da Petrobrás. 

O Sindipetro Paraná e Santa Catarina trabalha alinhado com essa proposta da Federação e apresentou à Comissão de SMS da Repar modificações para a CIPA. Foi requerido que os indicados pela empresa para a gestão da Comissão sejam os eleitos pelos trabalhadores no mandato anterior. Além disso, de acordo com a proposta do Sindicato, o vice seria o mais votado entre os eleitos e assumiria a presidência na gestão posterior. 

A proposta representa um avanço em relação à experiência dos cipistas, uma vez que garantiria a participação dos eleitos por dois anos na Comissão. Outro ponto positivo é a imparcialidade na gestão da CIPA e o aumento da representatividade do mandato dos cipeiros.

Quando a SIX adotou esse modelo, a experiência foi positiva. Os representantes da Repar na Comissão de SMS assumiram em mesa de negociação o compromisso de estudar a proposta. A IV Plenária Nacional da FUP (Plenafup), realizada de 06 a 09 de junho, em assentamento do MST na cidade de Caruaru-PE, aprovou resolução que implenta tais propostas no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

 

Eleição da CIPA/Repar

Termina no domingo (30) o prazo para inscrições dos candidatos à eleição da CIPA/Repar. O processo começa na segunda-feira (01) e vai até 22 de julho.  A CIPA é uma das importantes ferramentas de prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho. Tem como objetivo básico tornar compatível o trabalho com a preservação da saúde e da integridade física e mental do trabalhador.