Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Terça, 30 Junho 2020 17:42

Segundo dia do Congresso Unificado iniciou com debate sobre organização sindical e defesa do ACT

Mesa inicial contou com palestras de representantes da FUP, Dieese e escritório Normando Rodrigues Advogados e Associados (*Imagem: Deyvid Bacelar)

 

No sábado o Congresso começou com palestras sobre conjuntura dos petroleiros e negociação coletiva deste ano. O coordenador interino da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar, enfatizou que o momento é de unidade da classe trabalhadora para construir as pautas de reivindicações. “A negociação só inicia a partir da pauta reivindicatória criada pela categoria”, disse Bacelar.

 

O dirigente explicou ainda que os petroleiros estão insatisfeitos e é fundamental todas e todos formarem uma grande unidade de oposição ao modelo de gestão da Petrobrás. Ele pontuou que é preciso uma reorganização da classe trabalhadora a partir dos macros setores da indústria. Por fim, enalteceu a organização sindical nas ações sociais das entidades e a união histórica com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

 

Depois Cloviomar Cararine, economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – Dieese, enfatizou que a atual gestão da empresa, “por conta dessa política e a forma como trata os trabalhadores, está criando um barril de pólvora”.

O pesquisador se refere ao momento de insatisfação da categoria, pois, segundo ouvidoria da Petrobrás, 37% dos petroleiros já fizeram reclamações referentes aos conflitos no trabalho.

 

Vale ressaltar que recentemente a estatal ouviu 10 mil trabalhadores e 67% disseram se orgulhar da história da estatal e do trabalho colaborativo; uma cultura que essa atual administração tenta atacar. Para o economista do Dieese, os sindicatos, ao dialogar cada vez mais com a base, tem condições de canalizar essa questão e fortalecer a luta da categoria.   

 

Quem finalizou a mesa inicial da manhã de sábado foi o advogado Adilson de Oliveira Siqueira, do escritório Normando Rodrigues Advogados e Associados. Para ele a categoria deve sim lutar contra o fascismo e pela democracia, pois “a destruição do ACT tem caráter ideológico”.

O jurista enfatizou que também é preciso dialogar com a ala mais progressista no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Adilson citou o ministro Luiz Philippe Vieira de Mello Filho como um bom nome para essa intermediação, já que ele sinaliza avanços para os trabalhadores.

 

Para ele o jogo jurídico está em disputa, tanto é que os sindicatos já entraram com ao menos 10 ações contra as medidas de resiliência da Petrobrás. E com esses alertas da mesa inicial, os participantes se preparam para os Grupos de Trabalho temáticos.

 

 

Por Regis Luís Cardoso.   

Última modificação em Terça, 30 Junho 2020 18:02

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro